Compra de imóvel:

Formas de pagamento de imóveis

Decisão da melhor forma de pagamento para adquirir um imóvel.

Quais as principais formas de pagamento?

O sonho de um imóvel próprio é muito presente e recorrente no imaginário do brasileiro. Ter uma casa para se chamar de sua é uma grande demonstração de independência financeira e o começo de um projeto para um plano de vida.

No entanto, com as múltiplas possibilidades de pagamento possíveis, é fácil se confundir entre elas e não saber qual a melhor opção para o seu momento atual.

Pensando nisso, separamos neste artigo quatro diferentes formas de pagamento para você finalmente comprar o seu imóvel.

Financiamento de imóveis

Os financiamentos são formas de empréstimos muito populares que servem de grande ajuda para quem sonha com o imóvel mas não possui o dinheiro cheio na mão para pagar à vista, por exemplo.

Basicamente, o financiamento consiste em você pegar com alguma instituição financeira (a Caixa Econômica e o Banco do Brasil são as mais tradicionais) o valor necessário para a realização da compra e, já com os juros incluídos, ir devolvendo a quantia por meio de prestações.

Apesar de ser a opção ideal para quem não dispõe momentaneamente de muito dinheiro e precisa com urgência de um imóvel, a questão dos juros elevados pode se tornar uma problemática se você não tiver um planejamento financeiro adequado.

Pagamento à vista

Essa é uma das formas de pagamento mais vantajosas e, se você tiver condições, mais recomendadas para comprar um imóvel. A compra à vista consiste basicamente em quitar o valor total do imóvel logo no início do negócio.

Por oferecer ao comprador grandes possibilidades de descontos além de evitar o pagamento de juros, a compra à vista também permitirá uma entrega rápida do imóvel.

É sempre bom lembrar também que, antes de efetuar essa forma de pagamento, é bom você colocar na ponta do lápis outros gastos que terá com o imóvel (como mobiliário, por exemplo), mensurando se essa será a melhor opção de fato.

Consórcio

Para quem quer fugir dos altos juros gerados, por exemplo, nos financiamentos, o consórcio pode ser uma alternativa a ser considerada.

No consórcio, você paga uma quantia fixa referente ao valor do imóvel e, mensalmente, ocorrem sorteios e leilões. Apesar de não saber quando você obterá o imóvel, cada grupo de consorciados possui um prazo máximo de duração.

Ademais, lembre-se de que essa não é uma opção tão recomendada caso você estiver precisando ter as chaves de seu imóvel urgentemente em suas mãos. É um processo que, ao mesmo tempo que pode ocorrer rapidamente, também pode perdurar até o fim do prazo.

Programa Minha Casa Minha Vida

Por estar sempre em voga por meio de campanhas publicitárias do governo, o programa Minha Casa Minha Vida é uma das opções mais conhecidas do grande público.

Para obter os direitos do MCMV, você precisa ter uma renda de até R$ 7.000,00 e achar uma residência que esteja incluída dentro do programa.

Dentre os benefícios do programa, as possibilidades de uma baixa entrada e o abatimento das parcelas pelo FGTS estão inclusas. É com certeza uma ótima opção para quem não está com uma grande reserva financeira.

Comprar o imóvel próprio é um passo enorme para a vida de qualquer pessoa. A realização de um sonho que deve ser concretizada de forma segura e, claro, que caiba bem no seu bolso sem maiores preocupações.

E nesse momento tão decisivo e importante, você pode contar com a SN Construtora para te ajudar a trilhar esse sonho. A Construtora é referência no mercado, além de possuir certificação nível A do Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat (PBQP-h).

Busque por uma empresa que seja referência no mercado como a SN Construtora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *